painel angaar 2016
home perfil publicados online amigos noticias
contododia cronicas contoserotios poesias poesiaseroticas contato

... ...

Goiânia - Brasil
      

 



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player






Contos Eroticos

 

 

FLOR VERMELHINHA

 

 


Gosto de pensar em você,
assim,
sem nada por cima,
assanhada,
querendo explodir,
como um vulcão
adormecido.

Gosto de imaginar o seu corpo,
cheio de curvas,
com essa bundinha saliente
e arrebitada,
como se fosse
uma bola de futebol
sempre disposta a brincar.

Esse corpo,
queimado de sol,
com as marquinhas brancas,
feitas pelo biquíni,
é
sensual e convidativo.
Ele nos convida mergulhar
nessa miragem,
cheia de tatuagens
gravadas a fogo,
na sua pele morena
e conhecer o paraíso.

Voê está deliciosa...

O triângulo
do meio das pernas,
bem aparadinho,
de fios negros
e curtinhos,
são um convite ao toque.
( Eles seriam mais "tesudos" se fossem
bem grandinhos,
cabeludinha mesmo,
só para ter o prazer
de ajudar a capinar esta selva.)

Sou um desbravador,
incontido e incansável,
que gosta de derrubar "matas"
atrevidas...
como a sua.

Posso perguntar?
Alguma vez,
Você deixou alguém fazer este trabalho
"sujo"
para você?
Limpar esta matinha,
criar uma nova obra de arte?
Não!

Se quiser,
eu faço!

Um dia deixaria um coraçãozinho,
pequenino e palpitante.
Outro dia,
faria um triângulo perfeito.
N'outro dia,
deixo só dois filetinhos...
sorridentes...
como bigodinhos sujos de cerveja!

São tantos modelos que tenho,
que só praticando descobriremos
o prazer
de
arrancar raízes...

Eu chegaria,
com todo o respeito
(E isso é importante!)
bem devagarzinho,
e
passava a mão,
carinhosamente,
arrancando os seus arrepios.

Com a outra mão,
mais atrevida,
subiria
rumo aos seios empinados
para girar os bicos
entre os dedos,
de um lado para outro,
apertando,
amassando...
devagarzinho,
arrancando seus ais.

O olharia para o seu rosto
de olhos fechados,
sem querer ver nada além dos
seus gemidos gostosos...
Enquanto isso,
com a mão debaixo,
separava os dois grandes lábios,
deixando à mostra
a sua flor desabrochando
de tesão...

Cada beijo
em sua pele quente,
depois desses afagos,
viajaria em você
com a força de um violino Stradivariuns,
em serenata.
O resto, a gente sonha.

Valdir R. Silva.
17/06/2004 - 07:59
07/02/2005 - 02:10
08/02/2005 06:54

 

fale_valdir_256

 


Todas as imagens deste site foram retiradas da Internet. O copyright das mesmas pertencem aos seus proprietários
Copyright © 2006 Todos Direitos Reservados Porta
l AnGaar.Com